Tomada de Hábito de mais uma "filha" da Diocese de Portalegre - Castelo Branco

03-07-2017

Susana Gonçalves, hoje Maria Susana do Preciosíssimo Sangue, decidiu dar mais um passo na entrega da sua vida a Deus. A Susana, é natural de Castelo Branco, Paróquia de São Miguel da Sé, e após, mais de 9 meses a viver no Mosteiros das Irmãs Concepcionistas (Ordem de Sta. Beatriz da Silva) em Viseu, decidiu ir mais profundo no amor a Deus e na entrega totalmente do seu coração ao mundo do Silencio e da Oração. 
Deixamos pequeno testemunho:
"...que é o homem para te lembrares dele, o filho do homem para com ele te preocupares?"
Esta interrogação, do Salmo 8, há muito tempo que faz eco em mim... Quem sou eu para que Deus se lembre de mim, se preocupe comigo e se digne visitar-me? Ao fazer memória do meu passado, comove-me até às entranhas este cuidado que Deus tem tido para comigo e como em cada momento determinado tem mostrado o Seu infinito Amor para com esta "migalha".
Toda a vocação é, e só, a resposta a este Amor que Deus coloca em cada um de nós. E, desde sempre, como diz o Senhor ao profeta Jeremias: "Antes de te haver formado no ventre materno, Eu já te conhecia; antes que saísses do seio da tua mãe, Eu te consagrei..." Eu já estava no plano de Deus... desde sempre! Sinto muito que Deus foi construindo comigo um puzzle e que cada peça contém o Seu selo na minha vida, contém aquele Amor que Ele dignou derramar em mim. No final, quando o puzzle estiver completo viverei na eternidade este Amor já de forma plena, sem sombras nem véus...Por agora, recordo aquelas inúmeras peças que sem eu perceber me encaminhavam para este meu SIM ... quando à noite a minha mãe juntava as suas mãos nas minhas e rezávamos ao Anjo da Guarda... quando eu, pequenita, numa pausa entre brincadeiras, abria a porta da igreja e sozinha dentro daquela "casa" escutava o silêncio (sem ainda o entender!)... quando naquele encontro de jovens encontrei "por acaso", em cima de um banco, um panfleto das Irmãs Concepcionistas de Santa Beatriz da Silva... quando em CVX e com a ajuda de Sto. Inácio "aprendi" a rezar... quando num fim de tarde de janeiro, junto do Sacrário uma amiga me disse: "agora sei que estás preparada para fazeres a viagem" (que mais não era a doença que chegava até mim...)... quando o sacerdote me pergunta no meio de uma conversa: "e porque não agora?"
Agora! Sim, o agora é hoje e como refere, Juliana de Norwich, uma mística inglesa, só posso também dizer: "De modo que O vi e fui atrás d'Ele; e alcancei-O e desejei-O. E parece-me que é assim e é tal como deveria ser nesta vida!" Entrei no Mosteiro de Santa Beatriz da Silva no dia 28 de setembro de 2016 e no passado dia 1 de julho tomei hábito tornando-me a Irmã Maria Susana do Preciosíssimo Sangue."Podeis beber o cálice que Eu estou para beber?"Beber o cálice, até que ele esteja vazio, é um ato de amor, um ato de entrega total a Deus, acreditando que Deus irá enchê-lo de vida eterna.
Sim, posso!... assim Nosso Senhor Jesus Cristo e sua Mãe Maria Santíssima me ajudem!
By Maria Susana do Preciosíssimo Sangue