Quem Somos

SDPJV - Quem Somos

Pe. Nuno Miguel - Director Diocesano

Daniela Alves - Paróquia de São Miguel da Sé | Castelo Branco

João Costa - Paróquia de Nª Srª da Graça | Alpalhão

Madalena Santana - Paróquia de São Lourenço | Portalegre

Nuno Cosma - Paróquia de Nª Srª da Assunção | Rossio ao Sul do Tejo 

Rui Correia - Paróquia de São Pedro | Sertã

Tânia Morgado - Paróquia de São Pedro | Sertã

Pontos de Orientação

O que é o Secretariado Diocesano da Pastoral Juventude e Vocações?

É o serviço designado pelo Bispo Diocesano para coordenar a pastoral dos jovens na diocese de Portalegre - Castelo Branco e apoia-los no seu crescimento na fé. O Secretariado predende ser a acção da Igreja com os jovens, no descobrir e aprender de Jesus Cristo, em ordem a uma opção mais viva e mais radical ao Evangelho. Procura dotar o jovem, que busca a Cristo, de uma estrutura humana, espiritual e social, equilibrada e pronta para fazer a diferença, dentro e fora da Igreja. O SDPJV acredita que é neste encontro com Cristo e nessa descoberta, e formação, de si mesmo, que o jovem encontra a estrutura necessária para ter a força de abraçar os grandes desafios de Deus, entre eles, a vocação Sacerdotal e Religiosa. Os jovens descobrirão respostas de fé para as suas interrogações, de modo a assumirem, após descoberta pessoal, o seu papel de evangelizadores.

Porquê um Secretariado Diocesano da Pastoral Juventude e Vocações?

Segundo as bases para a Pastoral Juvenil, da Conferência Episcopal Portuguesa, "Sem estruturas pastorais diocesanas adequadas, a Pastoral Juvenil não pode realizar os objectivos antes enunciados. Um Serviço Diocesano impulsionará a Pastoral Juvenil em toda a Diocese e cuidará que se lhe dê uma atenção normal em cada paróquia; será o ponto de encontro das preocupações e da elaboração das propostas pastorais; cuidará da preparação dos animadores e dos responsáveis; preparará e elaborará os subsídios necessários. A Equipa Diocesana deve ser plural nas experiências, na sensibilidade, na capacidade de propostas e de acompanhamento das situações."

Qual é a acção das Paróquias?

As paróquias têm sempre uma autonomia própria, pelo que o papel do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil resume-se ao apoio aos agentes que intervêm directamente na Pastoral Juvenil Paroquial (animadores de grupos e/ou movimentos juvenis), quer através de envio de material pedagógico, quer através da informação acerca de propostas directamente relacionadas com o jovens.

E quem é o responsável?

O responsável principal é o seu Director-Assistente, um sacerdote escolhido pelo Bispo diocesano.

A quem se dirigem as actividades? 

As actividades dirigem-se a todos os jovens da diocese de Portalegre - Castelo Branco, que tenham entre 15 e 35 anos de idade, estejam integrados nos grupos de jovens paroquiais e movimentos juvenis, ou não.

Quem faz parte do Secretariado da Pastoral Juventude e Vocações?

O Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil é essencialmente constituído por uma equipa de jovens escolhida pelo seu Director-Assistente. Este último, por sua vez, é um sacerdote escolhido pelo Bispo diocesano.

Que actividades realiza o Secretariado Diocesano da Pastoral Juventude e Vocações? 

O Secretariado Diocesano da Pastoral Juventude e Vocações realiza todo o tipo de actividades de cariz diocesano, desde encontros de formação, reflexão, oração e animação. Neste ano de 2017 destacamos alguns encontros: O Retiro Quaresmal (Março) e os Retiros Vocacionais (Maio); o encontro diocesano, Guiados pela Alegria de Taizé (Março); o Dia Diocesano da Juventude e a Pascoa Jovem (Abril); As primeiras Jornadas Juventude e Vocações (Maio); os Acampamentos de Verão (Julho); e as peregrinações a Fátima (Maio), à Comunidade de Taizé (Julho) e a Santiago de Compostela (Agosto), entre outras actividades.